• CONTENT

Notícias

28.10.2021

ASSOFEPAR colabora com a produção da apostila do Proerd para alunos portadores do espectro autista

No ano de 2016, o Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), responsável pela aplicação do PROERD pela PMPR no Paraná, iniciou uma parceria com a Clínica de Psicologia Self Center, especialista no tratamento de crianças e adolescentes portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

 

Durante esse processo, psicólogas acompanharam aulas dos policiais educadores sociais em várias escolas, sendo que em muitas turmas havia alunos espectro autistas. Após o momento de observação, houve uma capacitação com todos os policiais do PROERD, com a presença do Comando do BPEC da época, Ten.-Cel. QOPM Ronaldo de Abreu, quando a psicóloga Mariana Arend de Paula Xavier, CRP 08/14002, propôs a ideia da adaptação do material do PROERD, visando aperfeiçoar a inclusão dos alunos com TEA.

 

Após reuniões dos policiais educadores sociais com as psicólogas da Self Center, optou-se pela elaboração de uma apostila inteiramente adaptada para o aluno espectro autista, que não divergisse dos assuntos abordados pela apostila original.

 

Porém, o projeto permaneceu parado por alguns anos, em virtude da dificuldade de elaboração de um material de qualidade que atendesse o objetivo. Até que em 2019, o Cap. PM Ref. Luiz Frederico da Mota Figueiredo, elaborador do projeto na época, propôs à Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Paraná (ASSOFEPAR) uma parceria na contratação de uma empresa profissional para a confecção do material.

 

A ASSOFEPAR, por meio da aprovação do seu conselho, logo compreendeu a importância do cunho social desse projeto, que além de propiciar a inclusão pedagógica, demonstrou-se inovador, não só no Brasil, mas nos países que também aplicam o PROERD, o que nos inspirou a proporcionar as condições para que a apostila adaptada se tornasse uma realidade.

 

A proposta da apostila foi encaminhada para o Centro de Formação do PROERD, no Rio de Janeiro, e posteriormente para o órgão máximo de controle dos materiais de formação, o DARE, “Drug Abuse Resistance Education”, dos Estados Unidos, sendo aprovada a sua utilização em ambas as etapas.

 

Temos a expectativa que o material adaptado pela Polícia Militar do Paraná para o PROERD, seja utilizado por outras unidades da Federação, estimulando futuras propostas de materiais adaptados em ramos diferentes da educação.

 

Na data de 28 de outubro, ocorreu o Seminário Estadual do PROERD, de modo virtual, em comemoração aos 21 anos do PROERD no Paraná, onde a apostila do PROERD adaptada para alunos com TEA foi oficialmente apresentada, inclusive para outras Unidades da Federação.

 

A Polícia Militar do Paraná mais uma vez avança na vanguarda dessa área tão importante, de atuação preventiva e comunitária, com o destaque ao comprometimento dos integrantes do Batalhão de Polícia Militar Comunitária, BPEC, e o apoio primordial da Associação dos Oficiais do Paraná (ASSOFEPAR).

ACESSE A APOSTILA NO LINK:

https://www.assofepar.org.br/download/artigos-producao-cientifica-e-revistas

 

Indicar PARA UM AMIGO
Comentários
Deixe seu comentário

INDIQUE UM AMIGO
Ops,
essa matéria é restrita para associados.
Faça seu login para ler
associe-se esqueci minha senha