Associação dos Oficiais
Policiais e Bombeiros
Militares do Estado
do Paraná
  • CONTENT

Notícias

19.06.2018

ASSOFEPAR ativa na mobilização em prol da data-base e pagamento de atrasados

Conselheiros da Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Paraná (ASSOFEPAR) deram continuidade à série de reuniões com diversas autoridades para tratar dos direitos dos Militares Estaduais, assim como sobre o andamento de outros assuntos de interesse da Classe.

 

Nessa segunda-feira (18), o Presidente da Associação dos Oficiais, Coronel Izaías de Farias e o Vice-Presidente da Associação, Coronel Renê Roberto Witek, estiveram reunidos com a Comandante-Geral da PMPR, Coronel Audilene Dias Rocha. Em seguida, o Presidente se dirigiu ao Palácio Iguaçu, onde, juntamente com representantes de outras carreiras de Servidores Públicos e de associações ligadas à segurança pública, tiveram reunião com a Governadora do Estado, Cida Borghetti, referente à data-base.

 

Enquanto isso, o Vice-Presidente, juntamente com outros Oficiais, estiveram em reunião com o Secretário da Fazenda, José Luiz Bovo, na SEFA, a respeito dos valores atrasados, especialmente decorrentes de promoções. Assunto novamente abordado, nesta terça-feira (19), durante encontro com o Chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico, em que o Presidente da ASSOFEPAR, Coronel Farias também esteve presente, acompanhado do Chefe da Casa Militar, Coronel Maurício Tortato e de outros Oficiais.

 

Para o Coronel Farias, as reuniões sobre a data-base vêm sendo produtivas. “A Governadora se comprometeu a enviar à Alep, uma mensagem com o reajuste dos Servidores do Executivo. Ela solicitou mais alguns dias para que a Secretaria da Fazenda conclua os estudos e seja definido o percentual de reajuste que será concedido. Outro ponto a ser considerado, foi o pedido do Governo para que fossem retirados de pauta na Alep o reajuste dos servidores dos outros poderes. Espera que sejam analisados juntamente com os do Executivo”, disse o Presidente da Associação dos Oficiais.

 

Sobre a demanda dos atrasados de promoção, o Coronel Farias avalia, também, que houve avanços. “A Associação tem trabalhado essa pauta junto a Deputados e Secretários. São cerca de cinco mil Policiais Militares, entre Oficiais e Praças, com essas pendências. Houve uma sinalização da Secretaria da Fazenda que esses atrasados devem ser pagos. E na Casa Civil a demanda foi bem recebida, com o compromisso de levar, juntamente com a Fazenda, a questão para deliberação da Governadora”, finaliza o Presidente da ASSOFEPAR.

Indicar PARA UM AMIGO
Comentários
Deixe seu comentário

INDIQUE UM AMIGO
Ops,
essa matéria é restrita para associados.
Faça seu login para ler
associe-se esqueci minha senha