Associação dos Oficiais
Policiais e Bombeiros
Militares do Estado
do Paraná
  • CONTENT

Notícias

25.09.2018

Pesquisa acadêmica de Oficial resulta em série de palestras sobre qualidade de vida

 

O ano era 2011 e a percepção de que os companheiros de trabalho não vinham dedicando a atenção necessária à alimentação e à prática de alguma atividade física foram as motivações para o Capitão Divonzir Pereira Machado, então com 48 anos, pesquisar o tema. O Oficial cursava Pós-Graduação em Gestão de Pessoas com complementação em Magistério Superior, pela FACEAR, e o resultado do estudo, que rendeu um artigo científico, foi além do que ele imaginava.

 

“Apliquei um questionário, que foi respondido por 172 Policiais Militares, dos quais cerca de 20 eram mulheres. O resultado me surpreendeu porque 60% estavam com sobrepeso e a maior parte afirmou não praticar nenhuma atividade física. Na época eu trabalhava na Diretoria de Apoio Logístico, quando decidi montar a palestra. Conversei com o Diretor e fiz a primeira apresentação”, disse o Capitão Divonzir, que, desde então, nunca mais parou.

 

A palestra passou a fazer parte do Projeto Recomeçar, no SAS, e foi além dos Batalhões e Unidades, chegando a escolas e igrejas, até na cidade de Aparecida do Norte (SP), para peregrinos. Ao longo dos últimos seis anos, foram mais de 50 apresentações e os ‘feedbacks’ logo começaram a surgir. “Pessoas que eu não conhecia participam das palestras e depois me procuram para dizer que adotaram novos hábitos de vida, que passaram a praticar atividades físicas em família, que procuraram o médico e viram que não estavam bem de saúde. Pessoas que estavam sedentárias começaram a caminhar, correr, pedalar, nadar. Às vezes uma palavra sua é capaz de tocar o outro e melhorar a vida das pessoas. Nós como Militares somos muito focados em nosso trabalho. Durante o turno somos muito voltados à Corporação, mas e depois que vamos pra casa? É preciso ampliar o olhar para vivermos mais e melhor”, contou o Oficial, na Reserva Remunerada há dois anos.

 

 

PRINCIPAIS PONTOS DA PALESTRA

 

Atividade física x alimentação. Para o Capitão Divonzir, a oferta de alimentos passou a ser muito grande e as pessoas estão comendo mais do que precisam e ingerindo muitos açúcares e gorduras. O Oficial acredita que com as facilidades da tecnologia, a população passou a se exercitar menos. “Então, eu chamo muito a atenção para a importância de selecionar mais a alimentação e da prática de atividades físicas. Na pesquisa, para os que respondiam que não praticavam, havia um espaço para explicar o motivo e as respostas me surpreenderam afirmando ‘falta de local adequado' e outras, mas a principal desculpa era ‘não tenho tempo’. Eu falo muito na palestra que a semana tem 168 horas. Como não conseguir separar três ou quatro horas para fazer exercícios? Eu trabalho, eu como, eu durmo, eu estudo... Como não me organizar para ter o momento de me exercitar? Existem milhares de atividades. Você tem que gostar de alguma”, completa o Militar Estadual.

 

RESULTADOS ATÉ DENTRO DE CASA

 

A esposa do Capitão Divonzir, Luciane Modesto Machado, acompanhou o Oficial, com quem é casada há 33 anos, durante a entrevista e garantiu: depois que começou a ministrar as palestras, os hábitos ficaram ainda mais saudáveis também em casa. Com a orientação personalizada da filha do casal, que é nutricionista, a alimentação melhorou e eles passaram a intensificar e diversificar as atividades físicas. Sempre juntos, começaram a fazer caminhadas, corridas, a pedalar e até a remar. Uma vida sem rotina, cheia de exercícios e contato com a natureza.

 

 

Por fim, o Oficial acredita que, além da alimentação mais equilibrada e a prática de atividades físicas, o terceiro ponto fundamental para alcançar a qualidade de vida é o lazer. Para o Capitão, os momentos com a família, sem necessariamente gastar muito pra isso, fazem total diferença. “Um passeio no parque, um piquenique, são momentos com os filhos e a família que não têm preço. Muitas vezes deixamos de conhecer os próprios atrativos da cidade em que vivemos. Você conhece todos os parques e museus de onde mora? São momentos de lazer que não pesam no orçamento e mudam nossas perspectivas de vida. Precisamos refletir”.

 

O Capitão Divonzir comenta, ainda, que tem planos de levar a palestra para os Batalhões em todo Paraná. “Estou sempre atualizado para acompanhar as novidades do Ministério da Saúde e acrescentar, somar à palestra, que, se depender de mim, chegará a todo o estado”, finaliza.

 

Para saber mais sobre a palestra, basta entrar em contato com o Oficial por e-mail divonzirm@yahoo.com.br ou celular/WhatsApp (41) 99129.8189.

 

 

Indicar PARA UM AMIGO
Comentários
Deixe seu comentário

INDIQUE UM AMIGO
Ops,
essa matéria é restrita para associados.
Faça seu login para ler
associe-se esqueci minha senha